Voltar ao Início [ Visit the old site ] contact@ifp-fip.org
Noticias |

As desigualdades na Indonésia en 2017: um relatório publicado por INFID e OXFAM

“Os quatro homens mais ricos na Indonésia tem mais riqueza que os 100 milhões de pessoas mais pobres. A desigualdade desacelera a redução da pobreza, entrava o crescimento económico e ameaça a coesão social,” indica o relatório publicado em fevereiro de 2017 por OXFAM e pelo membro do FIP, o INFID (Fórum Internacional das NGO do Desenvolvimento na Indonésia).

O relatório apresenta informações valiosas sobre a atual situação da pobreza na Indonésia e das consequências da grande distância entre ricos e pobres no país do Sudeste asiático. O relatório conclui dizendo que reduzir as desigualdades é um dos passos mais importantes para a realização dos objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Ademais, o relatório destaca os principais problemas que contribuem para o aumento do fosso entre ricos e pobres, como o fraco sistema de tributação, as desigualdades de gênero e a violência contra as mulheres, as decisões políticas tendenciosas, as condições do trabalho injustas, a concentração da terra, e a falta de infraestrutura para conectar as zonas rurais e urbanas. Neste contexto, INFID e OXFAM apresentam uma lista das recomendações para reduzir a disparidade entre ricos e pobres e resolver os principais problemas.

A luta contra as desigualdades sempre esteve no centro da missão do FIP. É uma de nossas principais exigências para uma efetiva implementação dos objetivos de Desenvolvimento Sustentável e para alcançar um desenvolvimento justo, inclusivo e sustentável para todos.

Neste contexto, o relatório afirma que a diminuição do fosso entre ricos e pobres deve ser uma prioridade para o governo indonésio em 2017. INFID e OXFAM terminam dizendo que: “Tomar ações agora é a única maneira de assegurar um futuro próspero para Indonésia.”

Para mais informações:

 https://www.oxfam.org/sites/www.oxfam.org/files/bp-towards-more-equal-indonesia-230217-en_0.pdf (disponível somente em inglês)