Voltar ao Início [ Visit the old site ] contact@ifp-fip.org
Noticias |

O Conselho do FIP valida seu plano de trabalho 2017-2020

Nos dias 19 e 20 de novembro realizou-se em Marraquexe, em paralelo com a COP 22, o primeiro Conselho do FIP, com a presença das plataformas nacionais e coalições regionais. Objetivo: validar as orientações estratégicas da rede para 2017-2020.

O Conselho do FIP, eleito pelos membros em março de 2015, já teve oportunidade de se reunir em março e dezembro de 2015. Este encontro dá sequência à institucionalização do FIP, em maio de 2016, através da criação, na França, de uma entidade jurídica própria, assim como da assinatura de uma parceria política e financeira com a Comissão Europeia até 2020 para responder a 3 objetivos principais:

(1) Reforçar as capacidades institucionais, organizacionais e operacionais do FIP;

(2) Tornar-se um ator internacional influente e uma referência em matéria de desenvolvimento de capacidades e de aprendizagem das ONG a nível nacional e internacional;

(3) Reforçar advocacia a nível nacional, regional e internacional, nomeadamente sobre o acompanhamento e a implementação dos objetivos da Agenda 2030 de desenvolvimento sustentável.

Estes objetivos emanam da estratégia 2016-2020 do FIP, discutidos com os membros da rede durante a Assembleia Geral de março de 2015.

Antes do Conselho, os debates e conclusões dos membros a nível internacional, apresentaram uma analise hibrida. Retrocesso da democracia em diversos países, gestão catastrófica da questão migratória, violação de direitos dos indígenas e das populações autóctones, estreitamento do espaço da sociedade civil, para citar apenas algumas das situações que justificam a necessidade de reforço das capacidades das OSC e de que as suas vozes sejam ouvidas.

Durante 2 dias diversos assuntos foram discutidos e permitiram uma melhor compreesão das questões e bases necessárias para a concretização da estratégia do FIP, em conformidade com as necessidades e as expectativas dos seus membros.

Este conselho teve oportunidade de abordar diversos assuntos e decidir sobre as ações necessárias: orçamento 2016/2017, comités temáticos, estratégia de comunicação interna e externa, procura de financiamento, desenvolvimento das capacidades dos membros, parcerias estratégicas, prioridades da Agenda 2030 e envolvimento do FIP e dos seus membros na campanha “Action For Sustainable Development”.

Por fim, no dia 21 de novembro realizou-se um workshop, com a presença das associações regionais membros do FIP, para definir as sinergias entre a estratégia do FIP e as estratégias regionais, tendo em vista o desenvolvimento de atividades conjuntas. A troca de opiniões permitiu abordar as preocupações de cada membro, a ligação entre as equipes do FIP e a das coalições regionais, assim como os elementos chave das parcerias que serão desenvolvidas durante os próximos quatro anos. Este workshop permitiu ainda a discussão sobre a estratégia a adotar para que as coalições possam beneficiar de um reforço das suas competências e desempenhar seu papel no acompanhamento e na implementação da Agenda 2030, especialmente sobre as temáticas que elas consideram prioritárias a nível regional.

Os intercâmbios foram produtivos e permitiram que o Secretariado do FIP identifique as principais áreas estratégicas que irão orientar as próximas ações da rede.